Horário de Funcionamento
das 13:00 às 19:00
Rua Moisés de Oliveira, 210
Rio Bonito - Irati, PR

Canteiros de Obras

CANTEIROS DE OBRA são os lugares onde estamos a construir uma das Estações Aurora dentre as previstas como PIONEIRAS, em número de dezesseis (16) unidades, sendo cinco (5) no Brasil e as demais em outros países!


Presentemente estamos com três (3) CANTEIROS  de Obra, sendo um deles no município de Cavalcante (GO), na Chapada dos Veadeiros (PORTO MAESTRO - PMae), outro nas proximidades do Pico do Itambé, no município mineiro de Serro (MG) - PORTO CRISTINA / PCris - , a uns 20 km de Diamantina (MG), e um terceiro na Chapada Diamantina, no município baiano de Iraquara (BA), Estação Aurora denominada PORTO PRÍNCIPE (PPrin).


A mais antiga é PORTO MAESTRO, em Goiás! Veja na ilustração um painel onde editamos as três "plantas" em obra, bem como nosso PADRÃO RADIÔNICO, ou seja, nossa referência radiônica a partir da qual nossos projetistas elaboram o PROJETO ARQUITETÔNICO de cada uma de nossas Estações. Novas áreas estão sendo pesquisadas, sendo as mais urgentes no Paraná (Brasil) e no sul de Minas Gerais, também no Brasil.


No exterior (fora do Brasil) as prioridades são áreas na Argentina, em Portugal, na Bolívia, na ilha italiana da Sardenha (Mediterrâneo) e na Croácia. As demais deverão, ao seu tempo, acontecer na Geórgia, na Rússia, na Ucrânia, na Polônia, no Peru, no Equador e em Moçambique (África). Tais indicações poderão, com o tempo, sofrerem ajustes.


Adquirida uma terra (mínimo, em princípio, com 36 hectares), ou recebida via doação, a área passa a ser objeto de um criterioso levantamento topográfico e ecológico-ambiental, hidráulico e eólico, enquanto recebe uma infraestrutura mínima para o abrigo da primeira sede do CANTEIRO DE OBRAS para abrir, inclusive, pelo menos um ASSOCIADO MORADOR que, de saída, coordenará um trabalho de mapeamento da microrregião, especialmente quanto às eventuais comunidades nativas estabelecidas nas proximidades, comunidades essas com as quais as EQUIPES da REDE AURORA deverão manter crescente relacionamento, até mesmo pelas oportunidades de emprego e renda que nossas OBRAS costumam acarretar.


Vejam as fotos que destacamos para que nossos leitores possam conhecer um pouco de nossa luta para construir em lugares em geral tão distantes e isolados! Na ilustração (maquete eletrônica) temos a representação do primeiro ANEL da planta de PORTO MAESTRO, com sua TORRE característica, o ANEL D'ÁGUA, a CÂMARA DE CURA e a CÂMARA DE CONTATO, e a MATERNIDADE, todas construções localizadas no âmbito da dita PRAÇA CENTRAL, local aberto, sem mais construções e sem cultivos, uma vez que estes deverão ser realizados entre os ANÉIS 1 e 2, e 2 e 3. 
Boa viagem, então!